Blog

Como contratar um advogado trabalhista

foto advogado trabalhista
31/03/2022

Para muitas ações não é necessário a contratação de um advogado, porém, para algumas se faz necessário procurar este profissional. Muitas pessoas são injustiçadas no emprego e, ao saírem deles, entendem que foram passadas para trás em diversas situações.

Mas como saber que seu processo está nas mãos certas? Alguns pontos devem ser considerados na hora de contratar um advogado trabalhista. Separamos as melhores dicas para você ficar seguro quanto a isso.

O que faz um advogado trabalhista

Um advogado trabalhista é responsável pelos processos relacionados aos direitos do empregado e do trabalhador. Suas funções são:

Participar das audiências;
Consultoria para empregados e empresas;
Abertura de petições;
Defesa dos direitos previdenciários.

Podendo atuar de forma autônoma, com escritório próprio e para empresas públicas e privadas.

Como contratar um advogado trabalhista

Antes de contratar um advogado trabalhista, você precisa saber dos prazos para entrar com a ação contra a empresa, o tempo limite é de 2 anos. Já no primeiro contato com um advogado trabalhista, verifique se ele está devidamente inscrito na OAB.

Você já está entrando com um processo e o que menos quer é ter problemas com pessoas fraudulentas. Por isso, fique atento e pesquise sobre o ramo de atuação do advogado, e se conhecer pessoas que já o contratou, melhor ainda.

Com esses dados básicos, agora podemos ir para as instruções essenciais que você deve saber para contratar um advogado trabalhista.

Boa comunicação

O profissional precisa ser claro e objetivo com você, já que será o seu cliente. Observe se ele se comunica bem, afinal, ele quem vai te defender da empresa ou dos empregados perante o juiz.

É essencial que ele saiba tudo sobre o que ocorreu para que a situação chegasse a esse ponto. Portanto, ele deve ter as estratégias bem alinhadas com relação ao seu caso.

Conheça sua experiência

Para aumentar suas chances de ganhar a causa, é preciso que seu advogado trabalhista seja experiente no assunto. Além disso, que ele saiba contornar as situações e esteja pronto para lidar com os problemas que possam surgir.
Custos do processo

Existe um mínimo que o advogado deve seguir no momento da cobrança dos seus honorários. Os custos vão depender da complexidade do caso, prazo que pode durar, dentre outras questões.

É claro que você deve avaliar muito mais que os gastos, pois, os processos vão além do dinheiro, como danos irreversíveis que aquele emprego causou na sua vida. Por isso, os valores devem ser explícitos no momento da contratação.

Não deixe para depois para tirar a suas dúvidas de quanto será cobrado, prazo para pagamento e quais serão os descontos, caso ganhe a causa.

Profissional confiante

Se você seguir todos os passos anteriores, é bem provável que este último item já venha naturalmente com os outros. Ao ter uma comunicação objetiva, e se o profissional deixar claro sua experiência e valores, a confiança virá com a segurança que lhe foi passada.

Você precisa estar tranquilo e confiante para passar as informações ao advogado trabalhista. São diversas as informações que serão repassadas.

Não tome decisões precipitadas, reúna todas os dados possíveis, tenha calma e só contrate quando tiver segurança no advogado trabalhista.